segunda-feira, 25 de julho de 2016

Noivas Negras: Ressignificação e empoderamento estético


*Por André Frutuoso - Jornalista e Fotógrafo

Casamentoooo! 3,2,1... O que lhe vem à mente, ao pronunciar essa palavra e pensar neste evento social? Na maioria das vezes ou quase sempre, somos educados e acostumados linkar a marcha nupcial, a noiva vestida de branco, um penteado com cabelo escovado, dentre outras coisas, mas quando uma mulher negra decide casar e levar para seu momento de celebração elementos da cultura negra diaspórica?

É possível encontrar uma maquiadora especializada em pele negra, uma cabeleireira que tenha conhecimento sobre cabelos crespos, penteados afros, ou até mesmo turbante, uma costureira que, por meio de amarrações, nós e presilhas crie um vestido para casamento, um fotografo que tenha pleno conhecimento sobre interferência da luz na epiderme negra... Eu acredito que sim!

O casamento é uma das áreas de eventos sociais mais complexas e principalmente para as mulheres negras, porém é notório que há uma mudança, uma segmentação, e tem que segmentar mesmo, pois quando se foca em um público é indispensável se especializar e com isso, nota-se que há um tratamento mais cuidadoso. A exemplo disso temos o blog das Noivas Negras, que surgiu a partir dessa falta de oferta de serviço, às mulheres negras que iam casar, mas não se identificavam com esse padrão que preestabelecido na sociedade.

Editorial

Por respeitar e entender que o universo feminino negro precisa estar cada vez mais em evidência, que a maquiadora, Natália Cavalcante, se junta com fotógrafo, Fafá M. Araújo, numa produção sofisticada, para mostrar às mulheres negras que farão um enlace matrimonial, que não precisa se render aos padrões eurocêntricos que estão presentes no “casamento tradicional”.















Créditos
Direção Geral e concepção: Fafá M. Araújo e Natalia Cavalcante 
Produção artística e cenário: André Frutuôso
Assessórios: Katuka Africanidades 
Assistente de produção: Gabriel Gaspar
Fotografia: Fafá M. Araújo
Modelo: Naiara Barros

2 comentários:

  1. Perfeito, nunca deixei de dizer....se um dia eu casar vai ser o casamento africano.
    Se um dia.....

    ResponderExcluir