Especial Mês das Noivas entrevista com a estilista Juliana Avlik Couture


Olá Meninas,

Depois da organização do casamento  sabemos que escolher vestido de noiva é uma tarefa difícil conciliar o sonho com a idealização. E algumas vezes confeccionar é a melhor saída. 
Hoje teremos uma entrevista com uma estilista especializada em vestido de noiva com algumas dicas para essa escolha, é conhecer um pouco do trabalho do estilista de vestido de noiva.

  1. Como começou seu envolvimento com moda e como você entrou neste mundo de moda para noivas?
O meu envolvimento com a moda se deu em 1998, quando entrei para a faculdade de Moda, na Universidade Veiga de Almeida, o antigo, Instituto Zuzu Angel da época. Sempre gostei de desenhar e criar roupas, de pensar no figurino das minhas barbies,das minhas amigas de produzi-las. Lembro que na minha época eu era uma das únicas que iria tentar a faculdade de moda, a maioria iria seguir as carreiras tradicionais, como medicina, direito e engenharia.
Trabalhei em diversas áreas de Moda, incluindo Produção de Moda, Consultoria de Imagem e Estilo, Figurino, Estilo, etc. Cheguei a me frustrar quando percebi que trabalhar com design de moda, envolvia muito mais a parte comercial do que a criação em si. Por causa dessas e outras questões, estava disposta a desistir da carreira de designer de moda, quando comecei a trabalhar com noivas e me encantei.
Comecei a trabalhar com noivas a partir da criação e confecção do meu próprio vestido de noiva. Fiz a criação, escolhi os tecidos e confiei na expertise da minha costureira do coração, Graça Castro para confeccionar o tão sonhado vestido. Nem preciso dizer que ficou um sonho, né?! A partir daí, várias amigas começaram a encomendar vestidos de noiva e festa e assim fui me tornando uma estilista de alta costura.

2. Como foi a primeira noiva que você fez?
O primeiro vestido de noiva que criei, além do meu, foi da minha amada amiga Ana Castro. O vestido dela foi feito com tanto carinho e ficou tão lindo que se tornou um dos vestidos mais desejados e sonhados pelas noivas que me procuravam e conheciam o meu trabalho. Esse vestido faz parte da identidade visual da nossa papelaria e é a foto do nosso perfil no Instagram.

3. Você costuma atender suas noivas pessoalmente?
Claro e faço questão! Essa é uma das coisas que teria muita dificuldade em delegar para outra pessoa...Pra mim, o sucesso de um vestido bem realizado, criado a partir da identidade da cliente está sobretudo na comunicação do cliente com o estilista.  Gosto, sempre que possível, de acompanhar tudo bem de perto, desde a primeira reunião até as provas do vestido. Antigamente, chegava até a ir pessoalmente vestir a noiva. Hoje, por causa da demanda, não consigo mais e ofereço isso como um serviço opcional.
4. Na sua opinião, com quanto tempo de antecedência a noiva deve começar a procurar seu vestido?
Para mim, o tempo ideal é de 1 ano a 6 meses antes, no máximo.

5. Existe alguma “regra” na hora da escolha do modelo?
Não sou muito fã de regras impostas não. Sou a favor da valorização da identidade e estilo de cada uma acima de tudo! O que pode ficar ótimo em mim, pode não cair bem em você e vice-versa. Precisamos, através do autoconhecimento entender e descobrir quais são os pontos fortes do nosso corpo e explorá-los. E isso, nada tem a ver em ser magra, com um corpo de dar inveja. Cada tipo-físico tem o seu ponto-forte!
Geralmente aconselho às minhas noivas, que elas escolham um modelo que as façam se sentir bem com elas mesmas, que valorize o tipo-físico de cada uma, ressaltando o que elas têm de mais bonito. Não adianta nada você optar por um modelo que não combina com você, só porque ele é a última tendência dos vestidos de noiva. É muito mais original e certeiro, você optar por um decote, ou tipo de saia que já está acostumada a usar e sabe que cai perfeitamente em você, do que arriscar por um novo modelo que não está acostumada e provavelmente não vai se sentir bem.

6. Alguma tendência em vestidos para 2015 ?
Acabei falando um pouco sobre tendências na resposta acima. Eu não as sigo, apesar de conhecê-las. Sou muito mais a favor de um vestido que represente quem você é,o seu estilo, do que a tendência do momento! A tendência passa e o estilo permanece! O foco na escolha do vestido precisa ser a cliente e não a tendência em voga. Escolher um vestido de noiva apoiado em tendências de moda pode ser um erro!

7. Qual dica você deixaria para nossas  noivas ?
Primeiramente....o mais importante é ser você mesma! Aproveite esse momento tão especial para se ouvir e se autoconhecer mais. Acredite! Isso é muito importante e sem dúvidas vai se refletir em cada detalhe do seu dia tão sonhado!
Escolha profissionais sérios e de confiança...SEMPRE! Pesquise por profissionais que atuem com qualidade, respeito e competência e não apenas com um preço atrativo.


Vestidos do Atelie Juliana Avilk:



Juliana Couture - Estilista 






Atêlie:

O  atelier fica localizado em São Francisco, Niterói.(RJ)
Todos os atendimentos são feitos no local com hora marcada,
contato@julianaavlik.com