Por que você está casando?

Eu ultimamente tenho pensado sobre isso. Não sei se vocês já pararam para pensar sobre por que decidiram se casar, mas a meu ver é uma pergunta a se fazer, antes e depois.

Antes de casar precisamos entender perfeitamente que nós somos responsáveis pelas nossas escolhas e devemos encará-las como pessoas adultas. Então, antes de fantasiar, antes de criar uma pessoa que só existe em nossa cabeça devemos analisar nosso companheiro, de modo que as chances de erros sejam menores. Sim, sei que errar é humano, mas permanecer no erro é ser tola e não prezar pela própria felicidade. Você já pensou se a pessoa que está ao seu lado te faz realmente feliz ou se você tem medo de ficar sozinha?


Eu penso que se é pra juntar as escovas de dente, que essa decisão seja levada a sério. Pra mim aquela listinha de coisas positivas e negativas é uma ideia válida: se os pontos positivos superam os outros vá em frente. 

Depois que casamos, a realidade não é um conto de fadas como gostaríamos, mas é aí que precisamos lembrar nos dias difíceis que se chegamos até ali devemos fazer valer a pena. E se não der certo você estará pronta pra recomeçar?

Muitas vezes esse assunto é quase um tabu, pois pra muita gente casamento é pra sempre e ponto. Eu sou extremamente romântica, mas acima de tudo realista. Eu detesto a possibilidade de duas pessoas vivendo infelizes juntas, do que felizes separadas. Eu acredito que casamento é pra sempre sim, enquanto existir amor e respeito. Se esses dois sentimentos se perdem no meio do caminho antes ou depois de casar, a vida a dois se torna ainda mais complicada. Recomeçar não é fácil nunca, mas se for preciso recomece e aproveite a vida, pois ela é muito curta para ser desperdiçada.