Como economizar para casar?

Quando decidimos casar, o primeiro passo importante é se organizar financeiramente e controlar os gatos.
Estabelecer as prioridades é a melhor coisa que você pode fazer quando começar a planejar, pois assim você define no que vai investir, sem comprar coisas desnecessárias. Acho que todo casal nessa fase deve se perguntar: O que queremos? O que não pode deixar ter? O que está dentro da nossa realidade? Onde estamos viajando na maionese?

Depois do noivado (ou antes), o casal já pode abrir uma conta conjunta para guardar na poupança o dinheiro do casório. O ideal é que você consiga fazer isso com antecedência de uns dois anos, pois após o casamento, ao invés de ficar pagando dividas eternamente do financiamento você pode está curtindo com seu amor, sem se preocupar com um débito enorme a quitar.

Agora, não ache que o dinheiro cairá do céu. Economizar requer diminuir os gastos e diminuir os gastos significa reduzir aquelas comprinhas no shopping, aquele lanche no fast-food, aquela balada de todo final de semana, etc. Bom, ninguém vai deixar também de ter vida social, até porque nenhum casal aguenta ficar em casa o tempo todo assistindo filme, mas aqueles noivos que desejam casar e precisam de fato economizar precisa abrir mão de algumas coisas, ou fica complicado realizar esse sonho. 

Então, após ser definido o orçamento e as metas a alcançar você já pode elaborar uma planilha com tudo que vão precisar e ir acompanhando seu Check List. Aí é preciso correr atrás dos fornecedores do espaço, buffet, fotógrafo, decoração, música, convite e etc. Vale lembrar que quanto antes você planejar, menos dor de cabeça você terá, principalmente com os fornecedores, que devem ser de confiança.

Você deve escolher também onde vai passar a lua de mel (item fundamental), além do lugar que vão morar, se o imóvel será de aluguel ou próprio... Enfim, não deixe nada fora do seu planejamento, mesmo as pequenas coisas, pois assim, a possibilidade de acontecer algum imprevisto vai ser bem menor. Ok?