quarta-feira, 25 de abril de 2012

Casamento no cartório

Os noivos ao escolherem a cerimônia de casamento têm as seguintes opções:

Casamento civil + religioso (quando os noivos casam no cartório e fazem também a cerimônia religiosa)

Casamento em diligência  (é quando os noivos optam por realizar a cerimônia fora do cartório)
Quando os noivos realizam o casamento religioso com efeito civil, antes da cerimônia eles entregam a habilitação do casamento para a autoridade religiosa. Após a cerimônia o casal tem 90 dias para comparecer ao cartório e registrar o casamento.

Casamento religioso - É possível casar primeiro no religioso e após a cerimônia registrar o casamento no civil apresentando os documentos e a firma da autoridade religiosa que realizou o casório.




Casando no cartório
Os noivos que desejam casar devem se dirigir ao cartório mais próximo a sua casa com os seguintes documentos:

Os solteiros devem apresentar RG, certidão de nascimento atualizada e comprovante de residência.
Os divorciados além do RG devem apresentar a certidão de casamento com averbacão de divórcio original e a respectiva homologação do juiz de família

Para que os trâmites sejam realizados, você paga um valor que vai variar de acordo ao seu Estado/cidade. Esse gasto é referente a:

  • Atestado das testemunhas e habilitação de casamento
  • Reconhecimento de firma dos noivos e testemunhas
  • Autenticação dos documentos
  • Anuncio do casamento a sociedade (divulgado por meio de edital)

Você sabia que se uma pessoa tiver alguma coisa contra o casamento ela pode se manifestar em um prazo de 15 dias, após a publicação no Diário do Poder Judiciário?

Se o (a) juiz (a) não encontrar nenhuma irregularidade, aí pronto, a cerimônia pode ser realizada.

Muitos noivinhos optam por casar apenas em cartório, para economizar, ou por algum outro motivo... O casamento é celebrado dentro das dependências do cartório de forma pública, por isso as portas permanecem abertas durante toda a cerimônia. No dia, o (a) Juiz (a) e o (a) Escrevente Autorizado (a) chamam os noivos e as duas testemunhas (padrinhos) para que o casamento seja então realizado.
Após ter ouvido o “sim” dos pombinhos de se casarem por livre e espontânea vontade, o (a) Juiz (a) declarará efetuado o casamento civil. Depois, os noivos e as testemunhas assinarão os termos e em seguida, o casal recebe das mãos do (a) juiz (a) a Certidão de Casamento.

E foram felizes para sempre...

15 comentários:

  1. Eu fiz a minha no cartorio, separado do religioso e achei ótimo.
    Afinal, foram 2 dias de festa..rs

    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que massa Ca! Nada melhor que duas festas! rsrsrs

      Beijoos

      Excluir
  2. Rê, e quanto ao sobrenome... as leis variam com o tempo? Por exemplo, se quero tirar meu último sobre nome e adicionar o do meu noivo. Você sabe de alguma coisa sobre?
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brú, sobre isso não sei como está. Procurei na internet e vi assim:

      "A mulher, por ocasião do casamento civil, pode adotar o sobrenome do marido ou continuar com o mesmo nome de solteira, a sua escolha e o mesmo vale do marido em relação a mulher.
      As regras para suprimir nomes intermediários e/ou sobrenome dependem de análise e aprovação do Promotor Público no processo de habilitação para o casamento."

      Vou procurar saber de uma amiga que casou recente e te explico melhor! Beijos.

      Excluir
  3. ai RÊ não vejo a hora de chegar minha vez kkkkkss apesar de já mora juntos vamos oficializar em breve...xeru da Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que legal Rose! Fico feliz por vocês...

      Beijoo

      Excluir
  4. Re, como a grana era pouca e na época q casei tinha uma data p/ o civil e uma beeeem depois p/ o religioso. Como era final de ano tds as noivas queriam se casar aki onde moro e tbm tinha a data de parentes q viriam de longe case...olha q loucura..no dia 8/11 no civil e 20/12 no religioso kkkkkk.
    Mas td bem foram duas festas.
    Só eu mesmo com minhas histórias de casamento maluco.
    Bjks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah pelos menos foram duas festas Cíntia! Isso é bem legal!!

      Beijoos

      Excluir
  5. Boas dicas!
    Eu pretendo casar no civil e no local da festa fazer tipo uma cerimônia religiosa, sai bem mais barato!

    Ah sim, o buquê que fizemos é de feltro ;)

    Ah vc já está participando do nosso sorteio? Vale brindes da nossa loja!
    Outra coisa, topa parceria?


    Bjss
    http://bruhworspite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Bruh, sai mais em conta mesmo...

      Estou participando sim! Obrigada pelo convite. Parcerias são sempre boas!
      Beijoo

      Excluir
  6. Essa noiva na foto é você?
    Não é bem um sonho, mais a vontade de casar vem crescendo no meu coração :/ só que essas coisas tem que ser com a pessoa certa e tals.. fico chatiada um pouco por saber que pode demorar muuuito ainda.. Mais tenho fé que terei um casamento liendo, digno de uma princesa que eu sou kkk
    http://bunnets.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor,
      na hora certa, a pessoa certa chega!

      Ah, não sou eu na foto não... Ainda vou casar.

      Beijoos

      Excluir
  7. Tenho dúvida em relação a quantidade de testemunhas, se podem ser mãe, pai etc.
    Amei o post

    ResponderExcluir
  8. Ah tenho dúvida sobre as testemunhas, podem ser quantas? E pode ser parente? Mãe, pai etc.
    Amei o post

    ResponderExcluir